Mostrando 9 Resultado(s)

Pintura nova na sucata

Aqui é preciso uma certa introdução que eu comecei em outro post, lá do começo, Um pouco sobre comunicação, onde comecei a explicar um pouco a base da comunicação e especialmente da Semiótica. Essa área do conhecimento foi escrita originalmente por Charles Sanders Pierce (1839-1914), um filósofo, pedagogista, cientista, linguista e matemático americano que estudou …

Modern mature businessman smiling and looking at camera with his colleagues in the background at office

Vamos falar de negócios!

Um ponto bastante observado em diversos trabalhos que realizei por aí é a incapacidade da equipe técnica de perceber o seu trabalho como parte de um negócio. É intrigante ver esses desenvolvedores (e aqui incluímos todos os papéis que desenvolvem um produto, não apenas os programadores) buscando a pureza técnica, o estado da arte daquilo …

We don’t need new moviments!

Acho bem interessante o nascimento de um movimento novo. Tudo começa com um descontentamento, uma desilusão, uma vontade de ser mais do que se é hoje. Alguém olha para o status atual e percebe que aquilo pode até estar bom, mas podia ser melhor, podia ser mais. Nesse dia nasce um novo movimento.

Spice girl manifesto

Eu sou um cara casado. De casamento já se vão oito ótimos anos de vida juntos. Mas nos conhecemos antes disso, mais ou menos uns cinco anos antes. Somando tudo posso dizer que temos uma excelente convivência, uma vida compartilhada por assim dizer a pelo menos treze anos. Ainda assim, não posso dizer que a conheço completamente. Não sei de todos os seus anseios ou vontades, de todos os seus desejos e existem muitos momentos em que ela diz uma coisa querendo dizer outra. Embora isso possa parecer um lamento, é só um fato, que eu aceitei e levo a nossa relação tendo isso em mente. Mas é bem interessante de se pensar que pessoas que dormem e acordam juntos, que compartilham suas vidas de maneira tão intensa não sejam capazes de compreender as vontades um do outro por completo, não é mesmo?

Se mesmo com toda essa intimidade eu aceito o fato do desconhecido, porque você exige do seu cliente algo diferente quando vai iniciar um projeto? Sério, o paralelo não é tão distante. Vocês mal se conhecem, são pessoas em última instância, não empresas. E são desejos/necessidades de pessoas que precisam ser traduzidos em requisitos de software. O mal entendimento desses desejos e vontade pode sim decretar o sucesso ou o fracasso de um projeto. Assim como em casa eu uso várias técnicas para entender o que minha esposa espera de mim, aplico o mesmo pensamento no trabalho.

Achamos um bug, o que fazer?

Esse é mais um daqueles posts que eu vou só defender uma idéia. Não tenho a menor intenção de proclamar, como sempre, o que é certo ou errado. Deixo para vocês decidirem, depois de estudar um pouco o assunto, não só através dessa postarem, mas através de outras fontes também. A história começa com a …

Sobre martelos e pregos

Era uma vez um menino que fazia brinquedos, assim como eu ou você em nossa tenra infância. Sua ferramenta era a criatividade. Apenas ela. Com ela, papel virava avião, galho virava varinha de condão e o mundo ficava mais divertido aos seus olhos. Digo aos seus olhos, pois qualquer adulto não entenderia a relação existente …